5 de outubro de 2017

Um setembro mais amarelo

Encontro no Garriga conscientiza os alunos sobre a prevenção do suicídio.

 

Um problema de saúde pública que vive atualmente a situação do tabu e do aumento de suas vítimas é o suicídio. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas.

É consenso que falar é a melhor solução. Muitas mortes poderiam ser evitadas se a informação de que se pode pedir ajuda e dividir o que se sente com alguém fossem disseminadas. Este é o objetivo da campanha Setembro Amarelo.

Nesse contexto onde jovens ficam expostos diariamente a uma rede perigosa com jogos, sites, propagandas e ideias que geram neles sentimentos de baixa auto-estima, depressão, ansiedade e medo, precisamos alertá-los e conscientizá-los a fim de protegê-los.

O Garriga de Menezes está engajado nessa luta e convidou o profissional RICARDO PROVEDEL, psicólogo clínico, pós-graduado em Filosofia e graduando em História, para um encontro com nossos alunos.

Veja nas fotos abaixo como foi o encontro:

 

Para mais informações, consulte o site oficial do Setembro Amarelo.

Notícias Relacionadas