7 de novembro de 2017

Organização, Responsabilidade e Disciplina no processo de aprendizagem

Confira a importância dessas três competências para um processo de aprendizagem  significativo.   

                                                                                       Manoella Senna

Organização, responsabilidade e disciplina no processo de aprendizagem

Exemplos e estímulos vindos dos ambientes escolar e familiar são essenciais para o desenvolvimento infantil e, consequentemente, para a trajetória escolar da criança.

Jean Piaget, psicólogo suíço, considerado um dos mais importantes pensadores do século XX, mostrou em seus estudos que existem diferentes formas de interagir com o ambiente nas diversas faixas etárias.

Essas formas de pensar e agir, são chamadas estágios. Ao longo de toda a trajetória escolar, principalmente no Ensino Fundamental I, é necessário que o aluno desenvolva três competências fundamentais para um processo de aprendizagem significativo: organização, responsabilidade e disciplina.

Em parceria, família e escola devem oferecer suporte adequado para que a criança se sinta confiante nesse processo e se torne agente do seu próprio desenvolvimento. Esse é um dos pontos que a equipe pedagógica do Garriga dedica especial atenção.

O PROCESSO DE APRENDIZAGEM NO GARRIGA

 

Nossa equipe valoriza os estímulos à organização, disciplina e responsabilidade como parte importante do Fundamental I. Além dos testes e provas, no Garriga o aluno é avaliado em vários aspectos do seu processo de aprendizagem. Afinal, sabemos o quanto é importante que cada um se sinta seguro e confiante no estágio de desenvolvimento em que se encontra.

Por esta razão, a equipe de Orientação Educacional estimula o desenvolvimento de atividades para a construção de hábitos de estudos.

 

Organização

 

Ter organização com o material escolar e com os horários de estudo é essencial. A família e a escola podem ajudar incentivando o aluno a construir seu próprio planejamento, no qual suas atividades escolares, esportes, lazer e outros compromissos estejam bem distribuídos durante a semana. Uma boa distribuição das tarefas proporciona diminuição do cansaço, além do risco de não ter tempo para estudar. Os responsáveis, em casa, podem auxiliar na construção de um cronograma, estipulando o tempo necessário para cada atividade, lembrando que é importante ter um momento de lazer, além dos estudos.

Responsabilidade

 

Ao assumir a responsabilidade de cumprir determinada tarefa, a criança deve se sentir protagonista da ação e perceber que ao realizá-las ou não, é possível que existam consequências, que podem ser positivas ou negativas que atingirão diretamente seu desempenho escolar. Auxiliá-la na construção de metas e no estabelecimento de objetivos é muito importante. Mas tudo deve estar de acordo com a realidade e os limites da criança. Ao perceber que seus objetivos e metas foram cumpridos, o aluno sente-se motivado para planejar novas etapas de estudo e pronto para novos desafios.

Disciplina

 

A disciplina, sem dúvida, é outro fator que contribui para o bom desempenho escolar. Isso porque o ato de manter disciplina, para além do cumprimento das normas e regras estipuladas para a boa convivência na escola, está relacionado à dedicação e a autogestão da criança diante do cumprimento de um objetivo. Trata-se da capacidade da manutenção do foco para alcançar os resultados esperados e, assim, atingir as metas que foram estipuladas.

 

PARCERIA ENTRE FAMÍLIA E ESCOLA NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL

 

De acordo com importantes autores da psicologia do desenvolvimento humano, esses processos são iniciados na família e complementados pela escola. Desse modo, a parceria entre a família e a escola é fundamental. Além de um ambiente rico de estímulos que proporcione explorações, observações e a valorização da aquisição de competências, a aprendizagem por meio de modelos e de exemplos de práticas é muito importante. Exemplos e estímulos vindos dos ambientes escolar e familiar são, portanto, essenciais para o desenvolvimento infantil e, consequentemente, para a trajetória escolar da criança na qual se espera processos de aprendizagem significativos.

Notícias Relacionadas