29 de agosto de 2016

Como escolher a escola de Educação Infantil do seu filho?

Você tem um filho pequeno e decidiu matriculá-lo na Educação Infantil. A ansiedade é grande e começam a surgir várias dúvidas. Nessa idade escola é tudo igual? É só para passar o tempo como dizem?  Para ajudar a tomar essa decisão tão importante para a vida do seu filho, separamos alguns tópicos que devem ser considerados na hora de escolher a instituição de ensino mais adequada.

Por que eu devo matricular meu filho na escola tão cedo?

A Educação Infantil é reconhecida como uma das fases mais importantes da vida escolar de uma criança. Quando bem estimulada, a criança consegue avançar em todas as esferas do desenvolvimento, obtendo ganhos na aprendizagem, na sua capacidade motora, na forma de se relacionar e de trabalhar emoções e sentimentos. A pré-escola é um espaço de trocas, de aprendizagem e de constituição de identidades. Frequentar esse ambiente ajuda as crianças a se desenvolverem nas suas dimensões motora, sensorial, emocional, cognitiva e socioafetiva. Crianças que frequentam uma Educação Infantil de qualidade obtêm ganhos em todas as áreas do desenvolvimento humano.

Perguntas básicas que precisam ser respondidas na hora de matricular seu filho 

O MEC (Ministério da Educação) fez uma lista de perguntas básicas que os pais devem fazer aos diretores e coordenadores da escola. É essencial que essas dúvidas sejam respondidas, pois se tratam de questões fundamentais para o bem estar do seu filho.

1- A instituição tem autorização de funcionamento expedida pela Secretaria Municipal de Educação?

2- O alvará sanitário está afixado em lugar visível?

3- A instituição tem proposta pedagógica em forma de documento?

4- Reuniões e entrevistas com familiares são realizadas em horários adequados à participação das famílias?

5- Há reuniões com familiares pelo menos três vezes por ano?

6- Os familiares recebem relatórios sobre as vivências, produções e aprendizagens pelo menos duas vezes ao ano?

7- A instituição permite a entrada dos familiares em qualquer horário?

8- Existe local adequado para receber os pais ou familiares? E para aleitamento materno?

9- As professoras têm, no mínimo, a formação em nível médio, magistério?

10- As salas de atividades e ambientes internos e externos são agradáveis, limpos, ventilados e tranquilos, com acústica que permite uma boa comunicação?

11- O lixo é retirado diariamente dos ambientes internos e externos?

12- A instituição protege todos os pontos potencialmente perigosos do prédio para garantir a circulação segura das crianças e evitar acidentes?

13- O que a instituição faz em caso de acidentes?

Próximo passo

Com as informações em mãos, chegou a hora de procurar uma escola que se encaixe no que você espera da escola que você irá matricular seu. Faça uma lista para ajudar. Escreva tudo aquilo que você não abre mão, como, por exemplo, espaço físico, proximidade de casa etc. Com isso, você vai visualizar mais claramente o que deseja  e isso vai facilitar (e muito) a sua busca.

Qual a proposta pedagógica da escola?

Faça uma pesquisa e peça explicações a coordenação pedagógica sobre o assunto, já que o conceito pode ser um pouco difícil de entender. Peça à direção para conhecer o regimento escolar e a proposta pedagógica. Saiba qual a filosofia de ensino da escola, quais suas propostas educativas e como a equipe se organiza para cumpri-las.

Quem são os professores?

Para trabalhar com Educação Infantil, é fundamental que os professores gostem de crianças, porém, isso não é suficiente. Eles precisam  ter preparação e formação adequadas. Um bom curso de pedagogia e cursos de capacitação são diferenciais do corpo docente de uma escola. Os professores precisam dominar teorias do desenvolvimento humano que ajudam a compreender a lógica infantil, as necessidades da criança. Outra boa dica é observar a relação com a turma, se as crianças recorrem à professora, se a procuram, se existe ligação entre elas.

Quais as propostas educacionais que a escola oferece?

Que propostas de ensino a escola apresenta? Como é feita a avaliação dos alunos (nota, conceito, avaliação dos professores)? Como acontece a mobilidade entre as fases (maternal, jardim etc.) A escolas aceita  que a criança retorne para uma fase anterior por não estar acompanhando o ritmo da turma? Outro ponto a se observar é se a escola trabalha com psicomotricidade (atividades específicas de movimento que ajudam a criança a tomar consciência de seu corpo) e se oferece um ambiente alfabetizador, com muitas situações de leitura e escrita.

Os valores da escola estão em sintonia com os da minha família?

Opte por uma escola que tenha tenha sintonia com os mesmos valores passados pela família. Não adianta, por exemplo, colocar a criança em um colégio religioso se vocês não são daquela religião. A escola exerce muita influência sobre a criança, por isso é bom estar por dentro de suas filosofia e práticas. Pense bastante sobre o assunto: Você prefere uma escola mais rígida, que estabeleça limites de disciplina ou uma que deixe seu filho livre? Que tipo de reação você espera do professor quando seu filho fizer algo que não está de acordo com as normas?

Como é o currículo da escola?

O MEC traçou diretrizes educacionais com a finalidade de nortear o trabalho das escolas. Segundo essas diretrizes, a Educação Infantil deve trabalhar com linguagem oral e escrita, matemática, natureza e sociedade, movimento, artes e música, além da questão da formação pessoal e social (desenvolvimento da identidade e da autonomia). Procure saber como a escola contempla esse conteúdo.

A escola oferece um segundo idioma?

Verifique se a escola introduz um segundo idioma na Educação Infantil. Estudos comprovam que crianças  pequenas tem uma facilidade maior para aprender novas línguas.

Quanto mais cedo seu filho adquirir uma segunda língua melhor, porque terá mais facilidade para desenvolver um sotaque adequado e também para aprender outras línguas no futuro.

A escola trabalha com que tipo de materiais pedagógicos?

Uma escola de Educação Infantil deve oferecer aos alunos materiais que ofereçam boas possibilidades de trabalho, como blocos lógicos, além de cantinhos de leitura com gibis e livros ao alcance de todos. Uma sala de vídeo ou DVD também é bem-vinda em pré-escolas.

Como é a estrutura da escola?

Como é o  espaço físico oferecido às crianças? Uma escola precisa oferecer um espaço amplo, seguro e com diversidade de ambientes internos e ao ar livre. Observe se existe salas apropriadas para aulas de música e biblioteca. Verifique também os locais específicos para o descanso e para a alimentação. Os espaços devem ser ventilados, iluminados e com proteção contra o sol forte. É preciso ficar atento às condições de higiene e de limpeza dos ambientes, principalmente do refeitório. Também é interessante que a pré-escola tenha hortas e um lugar com alguns animais, para a criança desenvolver o hábito do cuidar, do cultivar.

Qual a rotina das crianças?

É importante que a rotina da escola seja adequada ao ritmo do seu filho. Ele poderá dormir no horário em que está acostumado? Como a escola trata o uso de fralda e de chupeta?

Como é a alimentação das crianças?

Verifique se o cardápio é preparado com orientação de nutricionista e se os lanches oferecidos são saudáveis. Caso a criança leve o lanche de casa, prefira lanches saudáveis, como frutas, bolo e sucos.

A escola é segura?

Quando visitar a escola, observe pontos como muros e grades, se as janelas têm telas, se as tomadas são cobertas e os produtos de limpeza são mantidos fora do alcance das crianças. Verifique como a escola recebe os visitantes, pergunte se estranhos podem entrar na escola e ter acesso ao local onde as crianças ficam. Também se informe como é realizada a “entrega” da criança. Por questão de segurança, as crianças só devem ser entregues para as pessoas autorizadas.

Sempre pesquise

A decisão de escolher uma escola para o filho é muito pessoal e varia de pessoa para pessoa. Para alguns, pode acontecer rapidamente, logo na primeira visita. Para outros, leva tempo e muita pesquisa. A decisão final só deve ser tomada quando os pais se sentem realmente seguros e confiantes.

Acompanhamento

Você já escolheu uma escola e agora quer ter certeza de que tomou a decisão correta. O MEC elencou alguns itens que os  familiares podem discutir com as crianças para saber como é feito o atendimento na escola.

1-   Pergunte qual é o nome das professoras e de outros funcionários.

2-    Pergunte o nome dos amiguinhos mais próximos.

3-   Pergunte à criança o que ela mais gostou de fazer naquele dia.

4-   Incentive à criança a contar e a narrar situações vividas na instituição:

  • que músicas cantou ou ouviu
  • quais brincadeiras aconteceram;
  • que pinturas, desenhos, esculturas ela fez;
  • qual livro a professora leu;
  • que história a professora contou;  o que ela está aprendendo, entre outras.

Pontos a serem observados

1-    Observe o comportamento da criança quando ela chega na instituição (alegria, timidez ou choro).

2-  Observe diária e atentamente enquanto estiver conversando com a criança, seu olhar, seus gestos, sua fala suas reações podem ajudar a avaliar o estado físico e emocional.

3-    Observe as reações da criança ao ver seus colegas. Isso pode demonstrar como está a relação com a turma.

4-   Observe as produções e o material que ela traz da instituição.

A equipe pedagógica do Garriga espera ter produzido um material que esclareça as suas dúvidas e que ajude a sua família a escolher a instituição mais adequada para o seu filho.

Quer avaliar se o Garriga é a escola ideal para seu filho? Baixe a nossa apresentação institucional e descubra:

 

 

 

Notícias Relacionadas